O poder da mente

PODER DA MENTE

Não é raro notar que os pacientes mais motivados a tratar-se, seguir a conduta médica que propomos e mais otimistas com a vida, tenham uma melhora do seu estado de saúde com mais eficácia em muitas doenças.

Na Medicina de Família e em outras especialidades médicas já discutimos no meio científico sobre os conceitos de “estar doente” e “sensação de estar doente“. Em inglês chamamos “disease” e “illness“.

Se o médico não atinge o mundo do paciente, lidará apenas com uma doença, mas não chegará no paciente, que é onde a doença realmente existe, personalizada em alguém. Esta compreensão do fenômeno da doença exige do médico uma metodologia que requer novos paradigmas de abordagem do paciente. STANGE,K; MILLER, W.L, McWHINNEY, I (2000): “What is the Science Base of Family Practice and how will it be developed” in Keystone III Conference, http://aafp.org/keystone/stange.html

Portanto, ter uma atitude consciente e POSITIVA diante dos acontecimentos de saúde da sua vida já é a primeira dose de um remédio sem efeitos prejudiciais para você.

Sobre Daniel Coriolano

Daniel Coriolano possui graduação em medicina pela Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte (2011) e residência médica em Medicina de Família e Comunidade pela Universidade Federal do Ceará – UFC (2013-2015). O médico também é diretor executivo da Núcleo M.D., empresa de eventos de desenvolvimento profissional e pessoal na área da saúde. Atualmente também é professor da graduação em medicina da Universidade de Fortaleza.

Deixe aqui seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *